Casamento Surpresa // Vinicius e Eneida

Fotos: Henrique Gasper e Lia Albuquerque
Make up and hair: Hélio Diff (Cacau) – Shopping Iguatemi
Cerimonial e Decoração: A GRANDE FAMÍLIA

Casamento surpresa para a noiva, como assim???

Eu quase tive DOIS filhos! O combinado seria tirar fotos da barriga de 8 meses dos gêmeos Benjamin e Rodrigo naquele sábado meio nublado. Quando chegamos à ponte Costa e Silva, meu então noivo me avisou que o casamento que ocorreria na segunda-feira próxima, seria naquele sábado. Um calor veio aos meus olhos, eu precisava de vento para me acalmar e não estragar a maquiagem, afinal, ainda assim haveria fotos.

Chegando a casa da Prima Daniela, ao fundo do quintal, havia gaiolas com velas penduradas na mangueira, cadeiras brancas, pétalas de rosas no chão e uma mesa com duas cadeiras. Um “altar” lindo e romântico que foi esculpido a partir dos meus sonhos. A dona da casa, tia Talice e a prima Nathalia estavam correndo de uma ponta a outra para deixar tudo pronto. Tio Joel estava ao fundo ajustando a luz. Até então, eu achei que as pessoas que estariam presentes seriam as que moram aqui em Brasília, meu pai e minha mãe que não perderiam esse momento por nada, um evento simples de assinaturas.

Mas olhando o ambiente, havia nossos nomes perto da porta, uma mesa com bem casados, uma outra com doces, flores, garçons… Opa! Isso é uma festa de casamento.

E as surpresas não pararam por ai! Pensando em manter a minha emoção  dentro de uma faixa tolerável para  o meu estado de gravidez, eu vejo minha tia Neidinha com tio Paulo e Thais, vindos de Fortaleza. Eu não sabia quem iria encontrar, mas já havia entendido que manter a emoção estava ficando cada vez mais difícil.

Chorei a cada novo convidado, me emocionei com cada detalhe. Nossos melhores amigos estavam lá, nossa família estava toda unida e celebrando esse momento. Meus tios de Fortaleza vieram, meu tio de Campo Grande que não via há mais de 1 ano também veio. Meus primos!!! Estávamos muito feliz! Tudo estava perfeito. Mas, e a chuva?

Quando a juíza de paz chegou, corremos para iniciar a cerimonia. Minhas primas mais novas foram minhas daminhas pois para mim elas continuam sendo minhas bonequinhas de luxo. Foi tudo arrumado em 45 dias, e os ajustes finos feitos em minutos.

A música da entrada foi a nossa preferida. A juíza de paz falou tudo sobre família e quanto isso é importante. O que ela falou, condiz com o que pensamos e porque era tão importante para mim passar por esse ritual.

As alianças foram levadas ao altar por nosso afilhado que sempre teve o papel de nosso filho de coração. Se eu casasse com 90 anos, gostaria que ele levasse as nossas alianças.

Após a cerimônia servimos espumante, bolo de nozes e bombons. Estava tudo muito gostoso!

O casamento surpresa para a noiva foi a coisa mais original que eu já ouvi falar na minha vida! Uma surpresa sem tamanho que pensei em ir apenas ao cartório oficializar nossa união estável de 6 anos. Meu marido se superou em me proporcionar um momento tão lindo. Eu vi naquele cenário, com aquelas pessoas, o meu sonho feliz de casamento.

E o melhor disso tudo é que nossos amigos e familiares montaram, cada um com um pouco de contribuição, a festa do meu casamento. Eu consegui reconhecer em cada detalhe os pedacinhos de cada um. As pessoas que estavam ali foram testemunha da realização de um sonho. Foi o dia mais feliz da minha vida.

Ao fim da festa, fiz questão de entrar pela porta de casa no colo do meu marido. Abri a mala da maternidade e saquei a camisola mais bonitinha, foi a minha vestimenta da noite de núpcias. Meus pequenos pularam na minha barriga a noite inteira, acho que eles ficaram felizes em verem os pais casados.

Assinado: a noiva! 

Compartilhe no Facebook//Tweet esse Post//Pin on Pinterest